Goleman

“A consciência emocional e a capacidade de lidar com sentimentos são muito mais determinantes para o QI, para o sucesso e a felicidade em todas as fases da vida.”

Estas estratégias, implementadas nas escolas, começam a desenvolver um conjunto de habilidades que incluem competências emocionais e sociais, tendo como exemplo a consciência, a administração dos sentimentos, o controlo dos impulsos, empatia, escolhas, entre outros.

Desenvolver competências emocionais é fundamental logo desde criança, pois ajuda a resistir aos apelos dos perigos e a lidar com factores de risco com os quais têm que lidar enquanto crescem.

Goleman acrescenta mais duas competências de inteligência às já criadas por Gardner, sendo elas:

  • § Inteligência Pictográfica: capacidade que a pessoa tem de transmitir uma mensagem pelo desenho que faz.
  • § Inteligência Naturalista: capacidade de uma pessoa em sentir-se um componente natural.

A adolescência é caracterizada pela desmotivação e abandono escolar, a inteligência emocional motiva o indivíduo a agir de acordo com sentimentos de entusiasmo e prazer, ajudando os jovens a alcançarem os seus objectivos tornando possível auto-motivarem-se e persistirem.

Goleman afirma que “as pessoas que possuem aptidões emocionais bem desenvolvidas são também de um modo geral as que se revelam mais satisfeitas e eficazes nas suas vidas, dominando os hábitos de espírito que estão na base da sua própria produtividade.”

É necessário encontrar o equilíbrio entre o intelectual e o emocional

Até algum tempo atrás o sucesso de uma pessoa era avaliado apenas pelo raciocínio lógico e habilidades matemática espaciais (Q.I.), mas Goleman afirma que o conceito de inteligência emocional é o maior responsável pelo sucesso ou insucesso das pessoas.

Há também quem defenda que a emoção representa tudo o que é contrário à razão e que uma pessoa racional não cede às suas emoções da mesma maneira que a criatividade nos obriga a não responder às directivas racionais.

Na verdade estas duas componentes complementam-se e é na sua fusão que se alcança a quase totalidade da essência humana.  

  • § A Empatia: compreender os sentimentos e preocupações dos outros e adoptar a perspectiva deles.
  • § O auto-conhecimento emocional: indispensável para nos aperfeiçoarmos constantemente. Ao identificando as nossas emoções, distanciando-nos delas, conseguimos ter uma melhor consciência do que sentimos e porquê que sentimos, ao mesmo tempo que conseguimos não nos deixar arrastar por impulsos que nos podem prejudicar.
  • § Auto-avaliação: é ter a noção honesta dos nossos pontos fracos e fortes. Sendo auto-critico em relação às nossas fraquezas consegue-se mais facilmente melhorar, evoluir e ultrapassar as limitações. Por outro lado é também necessário confiar nas nossas capacidades, sem auto-confiança nunca se vai conseguir ultrapassar os desafios do dia-a-dia.
  • § Controlo Emocional: capacidade de controlar as emoções, colocando um “filtro” no que se vai dizer, o que se diz não se pode retirar, mesmo que tenha sido dito de cabeça quente. É necessário racionalizar as emoções.
  • § Fidelidade: integridade, honestidade, coerência, pontualidade e profissionalismo distinguem os profissionais de hoje por serem cada vez mais raros de descobrir.
  • § Aperfeiçoamento: capacidade de dar sempre o nosso melhor sem cair em ambições desmedidas.
  • § Optimismo: não deixar que sentimentos negativos perturbem o desempenho ou afectem a boa disposição.
  • § Reconhecimento das emoções nas outras pessoas: é necessário ser uma pessoa disponível e sempre disposta a ajudar os outros, mas sem se rebaixar ou deixar enganar. Não ajude quem o prejudica”.
  • § Saber comunicar: ser extrovertido não significa que seja um grande comunicador, saber ouvir e controlar i sentido de humor também é necessário para bem interagir.
  • § Resolução de conflitos: a melhor maneira de sobreviver a um conflito é detectando-o antes de aparecer e tomando medidas imediatas. Uma boa maneira de evitar conflitos é promover a cooperação para ser mais fácil superar as dificuldades e alcançar os objectivos.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s